terça-feira, 20 de dezembro de 2016

ENTREVISTA COM A BANDA STEEL HANDS – ‘’ O MELHOR DO ROCK ‘’, CONFIRAM;


1-Como surgiu a banda, e qual a vertente? Há quanto tempo estão na estrada?
Era uma vez na terra do metal, Natan Maia e Nildo Gomes, através de um amigo em comum, se conheceram, então estes três começaram a ensaiar juntos e ate compor algumas coisas. Com o tempo fomos evoluindo e decidimos realmente montar uma banda, a qual era chamada de RailRoad, então procuramos outro colega para tocar baixo, Diego Santiago, que hoje é nosso grande baterista! Depois que Diego realmente assumiu a bateria, estava pronta a Railroad, uma banda ainda em desenvolvimento e sem muita forma, por conta da variabilidade artística e compositora, referindo-se a estilos musicais, de todos os integrantes. O tempo foi passando e baixistas também foram passando pela banda, ate que Joao Pedro Silveira tirou um ensaio com a gente e está ate hoje. Depois de um tempo com essa formação, Nildo (voz/guitarra), Natan (guitarra), Diego (bateria) e João Pedro (baixo), afirmamos nossa posição no Heavy Metal e mudamos o nome da banda para Steel Hands, onde estamos firme na cena a 4 anos!

2-Todos os integrantes são os mesmos desde o inicio do grupo?
Nao! kkk, João Pedro assumiu o baixo (graças a Dio) quando estávamos definitivamente no fundo do poço, os outros estão desde o começo.

3-De onde vieram?
bem, somos uma banda autoral de Horizonte - CE com muito orgulho

4-Conta um vexame que passou em algum show?

Bom, OU NÃO KKKK, foi em 2014, no Horizonte Music Festival, Nildo Gomes quebrou uma corda, até ai beleza né?! aceitável, normal... Então, Nildo pegou emprestada a guitarra do Kleber, ex-guitarrista da banda D'inci, e então, alem de perdemos muito tempo afinando a guitarra para o tom das nossas músicas, ele conseguiu QUEBRAR mais uma corda! Isso mesmo!

5-O que foi mais difícil que tiveram que enfrentar com a banda?
Não é nada fácil ter uma banda e leva-la a sério como estamos lutando para fazer. Uma das maiores dificuldades, com toda certeza, foi o lançamento do nosso EP digital "ChosenOne", mas não para por ai, antes de João Pedro assumir o baixo, estava uma loucura, tentamos muitos baixistas e não conseguiamos encaixar com a nossa proposta, ate que João apareceu e virou nossa sorte, para por ai?! Não! João sofreu um acidente de moto a alguns meses e deixou todos nós muito loucos, ainda bem que hoje ele está bem, mas ainda se recuperando.

6-Qual a canção da banda q mais gostam?
É difícil responder esta, cada um tem a sua preferência, mas com certeza é a "KillerOf The Space", precisamos grava-la!

7-Quantos shows fazem por mês? Qual foi o show mais marcante?
kkkkkkkkkkkkk POR MÊS? Complicado, rsrs, mas creio que fazemos em média uns 5 a 8 shows por ano, que é ate bom devido a grande correria, estudos, trabalhos... Difícil dizer qual o melhor show, mais marcante, tiveram muitos, Vale do Rock em Tabuleiro do Norte, memorável, outro show em Sobral, evento do grande Quintino Neto, que puta show! Horizonte Music festival de 2015, foi maravilhoso assim como a vez que tocamos no Teatro da cidade de Horizonte, Rock Cordel! Enfim, são todos marcantes.

8-Quais as influencias da banda?
Apesar de o resultado final de nossas composições sempre buscarem o maior peso, somos muito ecléticos nos nossos gostos musicais. Aqui ouve-se desde o Erudito ao Black Metal.

9-Como a família reagiu ao saber que escolheram estar no mundo da música? Qual o momento que se descobriram artistas?
Nossas famílias reagiram bem. Claro, sempre com aquela preocupação naturalmente típica dos pais de que nos mantenhamos sempre estudando e buscando uma alternativa B, já que o plano A é a banda. Gostaríamos de Ressaltar aqui a grande ajuda dos pais do Diego, principalmente sua mamãe que sempre nos aturava nos ensaios barulhentos na casa dela kkk.

10-As músicas são os integrantes que as compõe?
Sim, todos nós temos papel ativo no processo de composição.

11-Qual o maior sucesso da banda?
Bem, somos uma banda ainda nova, mas nossa música mais aclamada nos shows é Reckoning Day.

12-Já teve alguma loucura de fã pra contar?
Dado o nosso não enquadramento nos padrões de beleza (kkkkkk) não temos nenhum relato do tipo a mencionar. Porem, uma vez um cara muito louco em um evento gritou “MELHOR BANDA DA NOITE” kkkkk, isso foi uma loucura kkk!

13-Qual sonho vocês ainda pretendem realizar em relação a banda?
Conseguir expandir nosso som a nível internacional.

14-Uma mensagem para pessoas que acompanham o trabalho de vocês?
Que somos muito gratos a todos pelo apoio demonstrado desde sempre. No meio underground, o que não faltam são motivos pra desistir em meio às dificuldades, e o apoio das pessoas que nos seguem, é o que nos faz permanecer de pé.



J. Paulo Ferreira

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário