sábado, 17 de dezembro de 2016

ENTREVISTA COM A BANDA BATRÁKIA - O MELHOR DO ROCK, CONFIRAM;


por Dell Brito (guitarrista)


1-Como surgiu a banda, e qual a vertente? Há quanto tempo estão na estrada? 
Em 2008 começamos com uma brincadeira na garagem - eu, meu irmão gêmeo Chico Brito na bateria e John Daltro com guitarra solo - além de mais dois amigos. As músicas tocadas eram sempre clássicos do hard rock, que era o que mais ouvíamos na época. Pouco menos de dois meses, surgiu a proposta da primeira apresentação em uma casa de show underground da cidade. Foi tudo acontecendo rápido, o público foi gostando e decidimos levar o projeto pra frente.
Com a entrada de Bruno Passy nos vocais em 2011 e Lucas Vieira no baixo - final do mesmo ano - a banda fechou a sua formação. A interação entre os músicos, o relacionamento dentro e fora da banda, contribuíram muito para que nos mantivéssemos estáveis durante esses últimos anos. 

2-Todos os integrantes são os mesmos desde o inicio do grupo? 
Início de 2012 fizemos a primeira apresentação com a formação atual. Aconteceu durante o carnaval, no Palco do Rock em Salvador, com um público de quase 10 mil pessoas. Uma experiência incrível que marcou a nossa estréia como uma banda mais profissional. 

3-De onde vieram? 
Todos vivemos boa parte das nossas vidas aqui em Salvador, exceto Bruno que é carioca mas está na Bahia desde criança.

4-Conta um vexame que passou em algum show? 
Vários! No mesmo Palco do Rock, só que em 2013, resolvemos colocar 2 motos em cima do palco. Entraríamos ao vivo na TV pela cobertura do carnaval alternativo da cidade, estava tudo certo. Na hora da música, nenhuma das duas motos funcionou! Foi o maior vexame, não conseguimos fazer nada do combinado, um amigo precisou empurrar a moto desligada do palco, o público ficou sem entender nada porque a introdução da música já durava mais de 2 minutos e nada acontecia, sujei minha mão toda de graxa tentando ligar a moto...
Depois do show, descobrimos que a mangueira de gasolina tinha sido fechada no transporte da moto para que não derramasse, só que esquecemos de abrir depois.
Enfim... Se pararmos para contar todos os vexames em shows e viagens, levaríamos um dia inteiro! 

5-O que foi mais difícil que tiveram que enfrentar com a banda?
Com certeza é o boicote que acontece com todas as bandas de rock, principalmente nós que não temos "padrinhos" no mercado. Muitas vezes ficamos de fora dos concursos, programas, seleções, premiações etc. Isso é uma das coisas que mais nos desmotivam no decorrer do caminho mas seguimos em frente, fazendo o nosso! 
 
6-Qual a canção da banda q mais gostam? 
Somos divididos, pois cada música tem um significado para um membro da banda mas se for pra escolher uma faixa, com certeza é Aquilo Que Passei. É a nossa música mais cantada entre os seguidores da banda, passa uma mensagem que tem tudo a ver com nossa trajetória, foi base do nosso primeiro videoclipe entre outras coisas boas que esta música rendeu pra nós.

7-Quantos shows fazem por mês? Qual foi o show mais marcante? 
Não temos uma agenda fixa mas seria entre um a dois shows por mês. Quando produzimos nosso próprio evento, procuramos dar um intervalo de 40 a 50 dias que é suficiente para prepararmos a divulgação, dar um respiro legal entre um show e outro. Neste meio tempo, recebemos convites para participar de outros shows e festivais, principalmente no interior do estado. Já aconteceu de tocarmos 5 vezes no mesmo mês e ficarmos 2 meses parados, então não dá pra definir com certeza.
O show mais marcante foi o primeiro com a formação atual, em 2012 no Palco do Rock. Tiveram outros inesquecíveis também, como a nossa primeira viagem como banda, para Irecê, 470km de carro, ninguém conhecia a estrada. 

8-Quais as influencias da banda? 

Os grandes nomes do hard rock mundial. ACDC, Guns, Bon Jovi, Skid Row entre outros. Além disso, procuramos utilizar elementos distintos do hard nas nossas músicas, aproveitando a experiência individual de cada um. Bruno caminha mais pra linha do heavy metal, Lucas do rock nacional, John do AOR e grandes guitarristas etc.
O resultado, na nossa opinião, é um rock nacional diferenciado, com melodias mais expressivas e arranjos mais agressivos, sem perder o feeling do hard rock. 

9-Como a família reagiu ao saber que escolheram estar no mundo da música? Qual o momento que se descobriram artistas?
Felizmente a família de todos os músicos apóia a iniciativa, cantam as músicas da banda, sempre que podem comparecem aos shows. Ainda não somos independentes financeiramente com a banda e acredito ser difícil conseguir aqui no Brasil. Temos nossas formações e profissões além da música. 
 
10-As músicas são os integrantes que as compõe? 
As composições são feitas principalmente por Bruno Passy e John Daltro mas todos participamos do processo. As letras e melodias são criadas por Bruno e os arranjos, riff´s e solos por John Daltro. Quando eles chegam com ideias novas, juntamos todos em estúdio e desenvolvemos a música.

11-Qual o maior sucesso da banda? 
Aquilo Que Passei. Nosso primeiro clipe e que rendeu também uma matéria bem legal na TV. Ela é sempre a faixa mais lembrada ao final dos shows!

12-Já teve alguma loucura de fã pra contar?
Uma que nos marcou, inclusive tem filmado no youtube, foi um salto louco que um fã deu de cima do palco. Na hora, pensamos que o cara tinha morrido de tão alto e tão longe que ele se jogou! 

13-Qual sonho vocês ainda pretendem realizar em relação a banda? 

Abrir um grande show para uma das bandas que admiramos, seria fantástico. Levar o nosso som para todo o país, principalmente onde mais ouvem rock, é um sonho que estamos sempre buscando.

14-Uma mensagem para pessoas que acompanham o trabalho de vocês? 
Agradecemos a atenção, o carinho, todo o feedback que recebemos. É essencial para o crescimento de qualquer banda a resposta do público, mesmo que críticas negativas. Queremos ser ouvidos mas, acima de tudo, ouvir também! 
Acompanhem nos shows, nas redes sociais, comentem, curtam. Vocês são o combustível para continuarmos na estrada. Sem isso, nada faz sentido. Valeu! 


FONTE: '' O MELHOR DO ROCK ''

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário