segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

ENTREVISTA COM A BANDA BARDOS – ‘’ O MELHOR DO ROCK ‘’, CONFIRAM;


Na Europa antiga, o bardo era uma pessoa encarregada de transmitir histórias, mitos, lendas e poemas de forma oral, cantando as histórias do seu povo em poemas recitados. Era simultaneamente músico e poeta e, mais tarde, seria designado de trovador. De forma semelhante, Bardos foi formada para transmitir o bom e velho rock n’ roll através de letras/poesias que cativem transmitam uma boa mensagem. Acreditamos que o rock possa ser muito mais, por isso somamos todas nossas influências para formar um som que une o clássico ao frescor de nossa efervescência criativa. O resultado é um rock bem trabalhado e autoral. Acreditamos na velha fórmula da influência + estilo próprio. Esta fórmula nos trouxe os grandes nomes do rock e é através dela que trabalharemos para darmos o nosso melhor. Bardo’s Rock é: 

Jean Bertollo – Baixo/vocal 
Gustavo Moura – guitarra/ vocal 
Fernando Santos - Bateria
Fábio Lima Deicke - Baixo

Fernando Rafael Santos, baterista da banda Bardos.

1-Como surgiu a banda, e qual a vertente? Há quanto tempo estão na estrada?
A Banda Bardos surgiu em novembro de 2015. Após o fim de uma banda formada pelo Jean e o Gustavo (Dercy), resolvi reativar um projeto de 2013, que por alguns motivos acabou modificando o nome anterior de Bar dos Cães para Bardos. A primeira ideia era fazer alguns ensaios para ver se ia rolar os covers, mas já no primeiro encontro uma Jam nos abriu caminho para sons autorais, o que virou nossa prioridade desde então. O Jean eu já conhecia do Bar dos Cães e o Gustavo fechou um feeling entre os três que raramente se encontra de cumplicidade e companheirismo musical. Estamos atrás de um baixista, mas sem exaltação para que esse clima não seja quebrado.

2-Todos os integrantes são os mesmos desde o inicio do grupo?
Sim, Jean (guitarra base/voz), Gustavo (guitarra solo/voz) e eu (bateria) montamos a banda. Já tivemos alguns baixistas que passaram pela Bardos, mas devido a questões pessoais não seguiram conosco.

3-De onde vieram?
A Bardos é de Ajuricaba, interior do Rio Grande do Sul. Mais especificamente, na região Noroeste do Estado.

4-Conta um vexame que passou em algum show?
Não é exatamente um vexame, mas uma dificuldade que tive em maio deste ano. Abrimos para a banda The Travellers no evento dos 50 anos do município e o batera gentilmente me cedeu seu instrumento, uma Gretsch. Na hora de passar o som, o retorno (que também era da banda principal) funcionou, mas na hora do show eu não ouvia nada. Pelo contrário, com o fone eu praticamente tinha um abafador de som. Claro que isso foi péssimo para a performance e tive que tocar prestando muita atenção no som que vinha da frente. Terrível, incômodo e o que gerou alguns atrasos, mas nada que pudesse criar maiores problemas no show.

5-O que foi mais difícil que tiveram que enfrentar com a banda?
O que está sendo mais difícil é ter oportunidade em uma região onde as cidades são pequenas, com poucos espaços que ainda têm receio de contratar bandas novas ou não conhecidas no mercado, principalmente bandas autorais. Mas isso se constrói aos poucos, não temos medo de criar eventos e fazer participações para obter algum reconhecimento.

6-Qual a canção da banda q mais gostam?
Talvez ainda não pudesse dizer isso, mas temos dez músicas para um futuro álbum. Destas, seis a gente já toca em shows. Como ainda não posso dar muitas pistas e o primeiro single acaba de ser lançado, creio que este é o som que a gente está trabalhando de forma mais concreta. Paradigmas não seria o primeiro single, mas como em termos musicais quando de letra ela era mais a cara da banda, resolvemos gravá-la e lançar agora em dezembro. É um rock pegado, com várias passagens, uma ótima melodia e instrumentos bem trabalhados, além de uma letra que vai fazer as pessoas refletirem bastante. Posso adiantar que basicamente o álbum será todo nessa linha.

7-Quantos shows fazem por mês? Qual foi o show mais marcante?
Atualmente não estamos fazendo shows, o último foi em maio, e depois disso paramos para ensaiar, gravar e preparar tudo para o lançamento de Paradigmas, além de estar em busca de um baixista. Mas em breve estaremos no palco tocando nossos sons e mostrando nossa arte prá galera do rock n’ roll.

8-Quais as influencias da banda?
A banda tem influência de todos os lados. Podemos dizer que a maior é o rock dos anos 60 e 70. Led Zeppelin, Lynyrd Skynyrd, Beatles, Jimi Hendrix, Wings, Pink Floyd, Janis Joplin, The Doors. Mas não deixa de ter raízes no blues, jazz, MPB, música regional, rock/metal progressivo clássico e atual

9-Como a família reagiu ao saber que escolheram estar no mundo da música? Qual o momento que se descobriram artistas?
Todos somos de famílias, profissional ou amadora, de músicos. Eu mesmo tenho cantores e instrumentistas de vários lados da família. Meu pai foi baterista, minha mãe música. O pai do Jean sempre foi músico e faz parte da banda municipal. O pai do Gustavo é cantor de música gaúcha com CD gravado. Então, não chegou ser surpresa ou fator negativo o anúncio da banda, até porquê todos já tiveram outras experiências anteriormente. Vir de famílias que já vivem a música nos transformou em músicos.

10-As músicas são os integrantes que as compõe?
As letras são todas do Jean e a criação musical da banda.

11-Qual o maior sucesso da banda?
Como já dito anteriormente, apesar de termos dez músicas, Paradigmas é nosso primeiro trabalho oficialmente divulgado e esperamos que seja sucesso. (risos)


12-Já teve alguma loucura de fã pra contar?
Por sermos uma banda nova, com um ano de estrada, ainda não tivemos muitas histórias, mas elas virão com certeza no futuro.

13-Qual sonho vocês ainda pretendem realizar em relação a banda?
Nosso sonho é conseguir viver do nosso trabalho, da nossa arte. A gente acreditou muito no que estamos fazendo e temos convicção de que é o correto para nós. Nossa busca é pelo rock n’ roll, por uma vida que todos desejamos, mas que depende do apoio de quem realmente gosta e acredita em nós tanto quando a banda. Se isso acontecer, o sonho estará realizado com a gente no palco fazendo rock n’ roll e vivendo deste sonho para dar continuidade a essa roda que terá como alicerce fundamental nos fãs.

14-Uma mensagem para pessoas que acompanham o trabalho de vocês?
Queremos agradecer a todos que nos apoiam e que nos dão força para seguir, somos imensamente gratos a todos aqueles que, de alguma maneira, nos fazem seguir nosso sonho. A quem não conhece ainda a banda, pode entrar na página do Facebook, no Youtube, Instagram SoundCloud e baixar nosso single ou ainda ouvir e ver vídeos de apresentações. Agradeço ao João Paulo e ao grupo ‘’O Melhor Do Rock ‘’ pela oportunidade e espero que curtam nosso trabalho, que é feito de coração buscando o rock n’ roll feito como sempre foi, com influências clássicas, mas de maneira única e honesta. Um forte abraço.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário