sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Apresentando Bandas:NECROMANCIA

Durante os anos 80, a região conhecida como Grande ABC em São Paulo, vivencia uma pequena revolução liderada pelas forças sindicais da indústria metalúrgica.  Este ambiente revolucionário industrial serve como pano de fundo para o surgimento de inúmeras bandas de garotos motivados pela energia que vinha dos protestos nas ruas, e como não podia ser diferente, estas bandas tinham em comum o som pesado e rápido influenciados por bandas como Venom, Slayer, Metallica e Dark Angel.  Logo a região do ABC paulista torna-se referência em som pesado e podemos afirmar sem sombra de dúvida que o Necromancia é um dos maiores expoentes desta cena.

Fundada em 1984 pelos irmãos Marcelo “Índio” d’Castro (Guitarra e Voz), Kiko d’Castro (Bateria e voz) e completando a formação Edgar “Budega” Gerbelli (Baixo), a banda não demora muito para começar a se destacar e com apenas dois anos de estrada gravam o seu primeiro registro na lendária coletânea “Headthrashers Live”, considerado por muitos como o primeiro registro da cena que viria a revelar entre tantos talentos, o guitarrista Andreas Kisser.

Os garotos cresceram e aprenderam a tocar e se você quiser conferir basta ouvir o primeiro compacto intitulado “Hypnotic”, onde o peso do metal aliado à técnica instrumental da banda pôde ser pela primeira vez apreciados.

Com Roberto Fornero no time substituindo o ex-baixista Budega, a banda lança em 1996 o seu primeiro álbum, o homônimo “Necromancia”, considerado como um clássico da cena metal do ABC, o álbum traz faixas de destaque como “Cold Wish”, “No Way Out” e a ousada instrumental “Hypnotic”. Produzido por Geraldo D’arbilly que trabalhou com gente de peso como David Byrne e David Bowie.

Em 2001, contando com a produção do amigo de longa data, Andreas Kisser (Sepultura), o Necromancia lança seu segundo álbum intitulado “Checkmate”. Logo podemos notar a mão do produtor neste trabalho, que diferente do álbum anterior, tinha uma característica mais heavy metal, “Checkmate” é uma pedrada na orelha, um disco forte, pesado e técnico com a cara do Necromancia.

Com participações especiais do próprio Andreas nas faixas “Action/Reaction” e “Greed up to Kill”, Alex Camargo (Krisiun) que empresta sua voz gutural à faixa “The Blooding” e dividindo os vocais na nervosa “Farsa”, Gepeto (Ação Direta). Entre 2003/2004 “Checkmate” é lançado na Europa pelo selo belga Mausoleum Records, tendo boa repercussão no velho continente, obtendo notas positivas na mídia especializada.

Em 2008 o Necromancia negocia com o selo Voice Records o relançamento do álbum “Necromancia”, incluindo todo material fonográfico anterior como: “Headthrashers Live”, a demo “Suicidal Madness” de 88, o compacto “Hypnotic” e a até então inédita versão do Necromancia para “Dead Embrionic Cells” do Sepultura.
 
Com 28 anos de estrada, o Necromancia já teve o prazer de dividir os palcos em suas turnês com grandes bandas como Sepultura, Nevermore, Shaman, Exodus, Krisiun, Korzus e várias outras bandas do cenário nacional e internacional.

Sempre fazendo shows competentes e empolgantes, é no palco onde o Necromancia mostra o que tem de melhor.

Atualmente o Necromancia lançou seu terceiro álbum de estúdio intitulado “Back from the Dead” pela gravadora “Voice Music”, soltando seu trabalho mais pesado, rápido e sujo de sua carreira, que bebe direto na fonte do Thrash Metal dos anos 80. O novo álbum traz 10 faixas inéditas e a regravação da clássica “Death Lust”, originalmente gravada na demo “Suicidal Madness” de 1988.



Formação:
Marcelo d'Castro - Vocal/Guitarra
Roberto Fornero - Baixo
Kiko d'Castro - Bateria



Contato/Links:

Fonte:Metal Media

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário