quarta-feira, 22 de março de 2017

Resenha : Stonex - Seeds of Evil

Criado no final de 2012 em Aracaju,A banda Stonex tem um material lançado em 2014 que é titulado de "Seeds of Evil" com 4 faixas gravado no Estúdio Rikeza e Sonorização,material que venho resenha hoje !

Nessas 4 faixas a banda apresenta uma sonoridade que fica entre o Hard Rock e o Heavy Metal,com influencias em Deep Purple e Judas Priest e um pouco de Uriah Heep,a guitarra é sensacional tanto os riffs quanto os solos são brilhantes técnicos e as vezes rápidos mas só em algumas momentos,o baixo é impecável,em algumas musicas ele se submete e até tem um mini solo na musica na segunda faixa,enquanto a a bateria é formidável e com suas linha marcantes e pesadas um dos pontos altos do material com certeza é a linha de bateria . o timbre do vocal e sensacional me surpreendeu muito !

É um excelente primeiro material que uma banda do gênero possa ter,sua capa é sensacional , e o material grafito é feito com uma envelope,mas é um EP então ..,é claro recomendo para fás do estilo proposto que é o Hard e o Heavy Metal .

A primeira faixa do EP se chama "Dressed In Black" logo nesta primeira faixa nota-se que a banda tem uma clara influencia pela banda Judas Priest,tanto no vocal,tanto em seu instrumental,o riff é excelente e magnifico, o baixo companheiro até o final da guitarra e a linha de bateria é simplesmente sensacional e sem falar no solo que alias de ser rápido mostra uma técnica legal.
A segunda faixa "Electric Sky" o iniciou nesta faixa , é um inicio em um ritmo meio devagar,com o riff de guitarra,baixo e bateria agindo,mas logo depois a musica fica uma pouco mais pesada e mais rápida mas é bem pouco,linha de bateria discreta sem muitas espalhafatos, o solo tem aquele minimo de felling e pouca velocidade ,que no caso ficou sensacional de se escutar, mas depois de um mini solo de baixo a musica ficou bem mais rápida com a bateria reagindo de uma forma impressionante .
A terceira faixa chama-se "Maggots in my Brain" essa é uma faixa mais rápida e porradeira que as faixas anteriores,o baixo nessa baixo se sobre sai e tem uma importância até maior que a guitarra,o riff de guitarra é bem diferente das demais,a bateria é impecável, o solo que essa faixa apresentou está a anos luz de distancia das outras tanto em velocidade e em técnica.
A quarta e ultima faixa do material é "Master of the Pit" essa faixa vai na mesma que a outras,mas a bateria se sobre sai novamente e a guitarra e bem peculiar.
Destaques:Dressed In Black,Electric Sky e Maggots in my Brain


Membros atuais da banda :
Pedro Ramon Guerreiro - Vocals
Mark Hazz - Guitar
Dálvaro Soares - Guitar
Alessandro Mongini- Bass
Adriano Tavares - Drums

Faixas:
1-Dressed In Black
2-Electric Sky
3-Maggots in my Brain
4-Master of the Pit

Nota:9,5



Links:

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário