domingo, 16 de abril de 2017

Resenha:Terrorsphere – Blood Path

 Formada em fevereiro de 2014 das cinzas da banda Invisible Enemy,Terrosphere, conta com 4 integrantes e seu primeiro material foi lançado com 5 faixas em 2016.

Esse material apresenta uma excelente(pra não dizer foda) guitarra,tanto os riff que são bem criativos quantos os solos que são rápidos e cheio de técnicas com por exemplo na segunda faixa "War Curse".a bateria apresenta ao logo do material algumas viradas,alem de seu peso fundamental para a banda e a técnica do baterista,ou seja a bateria se mostra um destaque do EP.o baixo quase não aparece ou deu um sinal de vida,mas para ouvidos mais atentos pode se dizer que ele estava fazendo seu trabalho direitinho. o vocal é cavernoso e intenso.com pouco mais de 20 minutos, o material deixou aquele famoso “ Gostinho de quero mais ”.

A qualidade sonora do material não é ruim ,mas também não é excelente.a capa é sensacional e bem chamativa, e seu encarte simples mais pratico.

Gostei muito do material e terá com certeza uma nota a altura.

A primeira faixa "Assassinos" faixa a unica cantada em português do material. essa faixa é rápida,raivosa e técnica,sua guitarra é eletrizante,sua linha de bateria é especial e o seu vocal cavernoso formaram uma junção incrível, e logo na primeira faixa já me deu uma vontade de baguear e isso é incomum em bandas atuais.
A segunda faixa "War Curse" riff de guitarra interessante,ainda mais com essas distorcidas,baterista com sua mão pesada,eleva a bateria de um jeito fantástico.e um solo cheio de técnica,e chega dar arrepios.
A terceira faixa "Terror Squad" essa faixa é bem diferente das demais apresentadas até agora no material,essa apresenta uma riff cadenciado, e puxando uma influencia de bandas como obituary,riff na mesma qualidade dos outros,bateria fazendo sua base com peso e técnica e um solo um pouco a baixo do esperado.
A quarta faixa chama-se "Bood Path" a faixa logo se inicia com a guitarra e a bateria pegando fogo,mais uma faixa que demostra claras influencias no Death Metal oriundo da Florida.a faixa também apresenta um ótimo solo com técnica e bem pouco no aspecto velocidade.
A quinta e ultima faixa do material chama-se "Mind Control" outra faixa que já começa pegando fogo,essa faixa apresenta por parte da bateria algumas viradas,faixa meio arrastada,mas ao mesmo tempo veloz da para entender?,e também é uma faixa bem animada, com seu riff puxando um solo sensacional.
Destaques:Full Songs.



Formação:
Werner Lauer (baixo/vocal);
Udo Ricardo (guitarra);
Francisco Neves (guitarra);
Victor Oliveira (bateria).

Faixas:
01 – Assassinos
02 – War Curse
03 – Terror Squad
04 – Blood Path
05 – Mind Control

NOTA:9,0


Contato: 043 – 9672 3931

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário