sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Confira a entrevista com o fundador da Bravery Branded, Eduardo Munari


A banda teve inicio em 2004, formada em Porto Alegre - RS, escolheu as trilhas de gênero decadiadas no Heavy Metal.

Com influencias notáveis de bandas de renome no mundo da música, tais como: Iron Maiden, Judas Priest, Saxon, Queensryche, Helloween.

Discografia:
Southern Steel - EP 2010
Fighting Back - single 2015

Formação atual:
Júnior Saldanha (V)
Eduardo Munari (G)
Murilo Qader (G)
Carlos Loureiro (B)
Diego Dalla Porta (D)

Em Novembro a banda estará entrando em estúdio para gravar o seu mas novo trabalho.

Confira abaixo a entrevista concedida a nossa equipe;

Como surgiu à banda? Há quanto tempo estão na estrada?
Eduardo Munari: Eu fundei a banda em Janeiro de 2004. Eu escrevo músicas e letras desde os anos 90, mas estive muito tempo em projetos que tocavam covers. Depois de tentar alguns projetos com idéias de músicas próprias que não iam a lugar nenhum, decidi criar o Bravery Branded. Prometi que ser minha última tentativa de ter uma banda séria.

Todos os integrantes são os mesmos desde o inicio do grupo?
Eduardo Munari: Sou o único membro original. O baixista Carlos Loureiro entrou em 2012. Antes, era nosso técnico de som e produtor. O guitarrista Murilo Qader, o baterista Diego Dalla Porta e o vocalista Júnior Saldanha estão na banda desde o final de 2015.

De onde vieram? Conta um vexame que passou em algum show?
A banda foi formada na cidade de Torres, no litoral gaúcho. Mas agora a base é Porto Alegre, onde moramos quase todos. Vexame? Bom, não foi bem um vexame nem em um show, mas um cara se ajoelhar na minha frente tipo pedido de casamento na rua lotada pra dizer que curtiu nossa música foi no mínimo desconcertante, risos...

O que foi mais difícil que tiveram q enfrentar com a banda?
Eduardo Munari: seguir existindo após filhos, famílias, crises financeiras e pessoais. Olha, ainda não sei se enfrentamos alguma coisa fácil com banda, pra falar a verdade, risos...

Qual foi o show mais marcante?
Eduardo Munari: abrir para lendas do metal e que nos influenciaram muito, como Paul Di'Anno e André Matos foi animal. Mas creio que nosso show em Frederico Westphalen/RS em 2013 foi o mais especial, pela atmosfera toda e pela recepção.

Qual a canção da banda que mais gostam?
Eduardo Munari: cada um dos caras teria uma preferida diferente eu acho. Como escrevi todo o material da banda até hoje, não consigo escolher uma entre minhas crias.

Quantos shows fazem por mês?
Eduardo Munari: melhor perguntar por ano, risos...

Quem é a inspiração de vocês pra banda?
Eduardo Munari: o inicio de tudo foram minhas influências, claro, mas principalmente Iron Maiden e Helloween. Com as mudanças de formação e a estrada foram se somando outras influências e fomos buscando também nossa identidade. Mas a base segue sendo a mesma.

Quais cantores ou bandas que mais gostam?
Eduardo Munari: cantores pra mim, Bruce Dickinson, Dio e Rob Halford. Bandas, acima de tudo o Iron Maiden, mas de resto eu tenho uma play list preferida por semana, desde pop ate death metal, tudo junto e misturado, risos...

Como a família reagiu ao saber que escolheram estar no mundo da música?
Eduardo Munari: com um pequeno silêncio constrangedor seguido de apoio, risos...

As músicas são os integrantes que compõe?
Eduardo Munari: eu escrevi todo o material da banda até hoje, mas deveremos ter participações do Murilo logo.

Qual o estilo musical do grupo?
Eduardo Munari: Heavy metal. Temos toques de power metal aqui e ali,mas num geral, a heavy metal e pronto!

Qual o maior sucesso de vocês?
Eduardo Munari: sucesso? como se mede isso?

Qual canção as pessoas pedem mais?
Eduardo Munari: Creio que Wolves In Heaven seja a música mais lembrada por quem segue banda.

Quem é a pessoa mais quieta do grupo?
Eduardo Munari: justamente o cara que tem por instrumento a voz, o Júnior.

Já teve alguma loucura de fã pra contar?
Eduardo Munari: olha, temos familia hoje em dia, melhor pular essa, risos...

Qual sonho vocês ainda pretendem realizar em relação à banda? 
Eduardo Munari: viver de música, gravando com boas condições e excursionando mundo fora por 40 anos me soa bem.

Quem dá mais trabalho na hora de se arrumar pra shows?
Eduardo: Tentamos sempre fazer tudo da forma rápida possível, num geral acho que nenhum de nós é muito demorado não. Mas, se tiver que apontar um, seria o Murilo, risos...

Qual o momento em que descobriram ter jeito pra música?
Eduardo Munari: pra falar a verdade não sei, apenas quis fazer isso e segui.

Uma mensagem para pessoas que acompanham o trabalho de vocês?

Eduardo Munari: agradeço do fundo da alma a todos que já foram aos nossos shows, compraram CDs e camisetas, seguem nossas mídias digitais e nos apoiam de todas as formas. Sem vocês, não teríamos como prosseguir. 


Fonte: ascomgbnews/O Melhor do Rock

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário