sábado, 4 de fevereiro de 2017

ENTREVISTA – METALFÚRIA - O MELHOR DO ROCK


Primeiramente nos apresente a atual formação, e conte-nos um pouco sobre a história da MetalFúria.

R - A formação atual da MetalFúria é composta por: Charlly Micheldo (Guitarra e Backing vocal), Gerson Petri (Guitarra e Vocal), Hitler Bárbaro (Bateria) e Lucas Santos (Baixo).
A MetalFúria é uma banda de Heavy Metal tradicional com composições cantadas em português e foi criada precisamente em 25 de junho de 2015 pelo guitarrista Charlly na cidade de Campina Grande – PB. Inicialmente a banda contava com os seguintes integrantes: André Sansão (Bateria), Caio Marques (Guitarra), Charlly Micheldo (Guitarra), Lucas Santos (Baixo) e Vanderley Metal (Vocal). Em seguida passou por algumas mudanças em relação aos integrantes, uma ainda em 2015, com a saída de André Sansão, Caio Marques e Lucas Santos e a entrada de Alex Bruno na bateria e Wesley Sousa no baixo. Já em setembro de 2016 Alex e Wesley saíram do projeto e em dezembro deu início a nova formação, quando Gerson Petri, Hiltler Bárbaro e Lucas Santos passaram a fazer parte da banda. Lembrando que Lucas retornou ao projeto, pois o mesmo fez parte da formação inicial.
Ainda no ano de 2016 a banda fez várias apresentações na cidade e em outras cidades do estado, ganhando reconhecimento e atenção do público. Em agosto, foi lançada a DEMO “Mestre das Trevas”, que apesar de ter sido gravada e produzida pelos próprios integrantes, foi muito bem recebida pelos que acompanham o projeto. Suas composições remetem a morte e ao caos que existem entre a humanidade, sobre forças infernais que comandam suas vidas. Nesse momento a MetalFúria segue com os preparativos para a gravação do primeiro EP intitulado “Caminhos de Sangue” que iniciará em março deste ano, onde esperam corresponder com a expectativa dos fãs.
Aproveitando a oportunidade, a MetalFúria vem a público informar que a participação do vocalista Vanderley Metal, que esteve presente desde o início do projeto, foi encerrada oficialmente dia 28 de janeiro de 2017 por motivo de divergências e que chegaram a essa decisão após uma reunião com o mesmo. O encerramento da parceria foi feito de forma amigável, onde os integrantes e o próprio Vanderley não guardam ressentimento algum. Também agradecem ao mesmo, por todo o caminho trilhado juntos e desejam sucesso na sua nova trajetória.

Gostaria que vocês falassem agora um pouco da Demo ‘’ Mestre das Trevas ‘’, o que os seguidores podem esperar do EP ‘’ Caminhos de Sangue? 

R – A DEMO foi uma ótima experiência, apesar de não ter sido produzida profissionalmente, obtivemos grandes resultados através dela. Em contra partida, o EP terá a gravação totalmente profissional, de altíssima qualidade. Será voltado ao Heavy Metal Tradicional e técnico, com novas pegadas, guitarras mais trabalhadas e letras mais harmoniosas. Os fãs e amigos podem esperar um resultado surpreendente.

Quais são as principais influências da banda atualmente? Vocês têm planos de experimentar novas sonoridades no futuro?

R – Nossas influências hoje são: Harppia, Overdose, Metalmorphose, Multilator, Sarcófago, Vulcano, Signo de Taurus, Harpago, Virus, Iron Maiden, King Diamond, Mercyfull Fate, Grim Reaper, Metalucifer, Judas Priest, Stormwitch, entre outros. Em relação a novos sons, se estiverem ao nosso gosto e que possamos tomar como influências, sim.

A banda compõe suas músicas em Português, por que optou em cantar em nossa língua? Quais são as inspirações para as letras de vocês?

R - A opção em português é simplesmente tornar o projeto mais “a nossa cara”, mantendo a tradição do Heavy Metal Nacional. Nossas inspirações normalmente surgem de questões relacionadas a guerras, mortes, destruições, demônios, possessões e etc.

Na opinião da banda, qual é a importância da internet para as novas bandas, e qual foi o papel dela ao longo da carreira da MetalFúria? Quais erros vocês consideram mais comum entre as bandas na utilização desse recurso?

R – A importância da internet é o fato de poder divulgar o projeto ou qualquer outro tipo de trabalho para todo o mundo. A facilidade de expor e poder compartilhar um pouco de nossos esforços como banda, levando novidades através de todo tipo de mídia. Assim foi com a MetalFúria, através desse poderoso recurso e a ajuda de nossos amigos, podemos espalhar e mostrar nosso trabalho, nossos materiais.
Achamos que alguns conteúdos causam polêmicas desnecessárias, mas também produtivas. O fato é que existem pessoas que por não gostar de outros gêneros ou influências acabam gerando alguns preconceitos.

Quais dos objetivos como banda vocês acham que já atingiram, e o que ainda esperam conseguir no futuro? 

R- Conseguimos um ótimo público e já participamos de vários eventos, mas a estrada ainda é longa e buscamos ainda mais nos incluir no meio underground, divulgando nosso trabalho e assim contribuir com a cena local. Esperamos sempre, fazer com que esse público aprecie os resultados de nossos esforços e que possamos continuar trabalhando para agradar a todos. Já estamos com a ideia de um Videoclipe, de um Álbum futuro e lógico, fazer muitos shows, de preferência em todo o Brasil (rsrsrs...).

Foi um prazer entrevistá-los. Deixem um recado para os seguidores da banda. 

R - Primeiramente, gostaríamos de agradecer a João Paulo (O MELHOR DO ROCK), por mais uma vez nos proporcionar o espaço para poder falar um pouco sobre o trabalho que temos desenvolvido e demonstrar como tem sido o cotidiano da banda.
Agradecemos aos seguidores da MetalFúria por sempre nos proporcionar momentos felizes, curtindo e compartilhando nosso trabalho, comentando e nos dando incentivos maiores, comparecendo aos shows e fortalecendo a cena de uma forma geral. 
Enfim, a todos o nosso muito obrigado. Em breve estaremos nos palcos trazendo muitas novidades.

Heavy Metal Never Die, Heavy Metal is my way.


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário