domingo, 19 de fevereiro de 2017

Apresentando Bandas : Torturizer


Formada em meados de 2011 pelos irmãos Willian (Baixo e Vocal) e Wilton Vieira (Bateria), com foco no Thrash Metal, tinham como principal influência as bandas Sepultura e Slayer. Inicialmente um trio que contava com o guitarrista Bruno Ribeiro, saindo pouco tempo depois. Chegaram a se apresentar em um evento com covers, onde o Willian assumiu as guitarras e vocais, e contaram com a participação de Cleudyson no baixo.

 Em 2013 chegaram a se tornar um quarteto junto dos guitarristas Hugo Santos, que teria participado de um projeto com Wilton, e Luís Baldez, amigo de faculdade de Willian. Criaram suas primeiras composições (Death Lights, Human Collector, The Pain has Just Begun, Torture Machine), com uma sonoridade acelerada, e letras abordando temas como terror, assassinatos, serial killers, entre outras coisas extremas do psicológico humano.

 Willian rompe um ligamento do ombro direito em 2014, onde faz uma cirurgia, e por consequência tem os movimentos da mão prejudicados, levando a uma longa pausa da banda, retomam as atividades em 2015, e pouco tempo depois, por divergências de ideias, Hugo sai do grupo, levando a outra longa pausa. Retornando em 2016, agora como um trio, com algumas reformulações em suas músicas, e acrescentando peso e velocidade nas novas composições, mas com a mesma temática inicial. Atualmente a Torturizer conta com Willian Vieira no baixo e vocal, Luís Baldez, nas guitarras e vocais de apoio, e Wilton Vieira, bateria.

Em setembro de 2016 lançam seu primeiro EP, intitulado Faceless, contando com seis faixas e uma “intro”. Apresentam a forte identidade da banda, com cordas violentas, vocais pesados e blast-beats marcantes, o trio corre às margens do Thrash e Death Metal.

FORMAÇÃO:
Willian Vieira: Baixo e vocal
Luis Baldez: Guitarra e backing vocals
Wilton Vieira: Bateria

Som da Banda :


Contato:
http://www.sanguefrioproducoes.com/contato
https://soundcloud.com/torturizer-thrash

Fonte:Sangue Frio Produções

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário