sábado, 17 de setembro de 2016

Resenha: No Trauma – Viva Forte Até O Seu Leito de Morte

Nesse primeiro trabalho da banda de Metalcore No Trauma,o álbum foi intitulado de "Viva Forte Até O Seu Leito de Morte" contendo 12 faixas que foi lançado nesse ano(2016),que somam 42 minutos de puro metalcore.
A guitarra é excelente,os riffs são legais e alguns até são considerados genial pelo lindo que vos escreve,é uma pena que o guitarrista Tuninho Silva não utiliza solos em suas composições e quando teve um solo ele demostrou sua técnica na guitarra que alias é excelente;a cozinha começando com a bateria,esteve bem no álbum,pesada,matadora e essencial,já o baixo muitas vezes se tonava destaque das musicas com sua pulsação descontrolada e empolgante .já o vocal nunca fui fã do estilo vocal do metalcore,mas o que esse vocalista vez nesse álbum,dificilmente esquecerei de tão bom e legal que é ,as vezes soava agressivo e a narrativa das faixas deixou o álbum perfeito !!
 
A arte gráfica é brilhante !,o encarte apresenta as letras das musicas que alias são magnificas.

A primeira faixa do álbum é "Fuga" faixa agitada,baixo forte,bateria no peso certo,no meio da musica vem um parte narrada simplesmente brilhante !
A segunda faixa  é "Quimera" que já entra na mesma atmosfera da faixa anterior,mas dessa vez já começa na quele jeito matador,bateria nessa faixas é sensacional,já o Riff tenho que admitir que é legal pra caramba,é legal que o o riff e quebrando pelo mesmo riff kk parece que estão brigando kk genial,e o solo técnico do garotão !
A terceira faixa é "M.M.A." começa de um jeito bacana puxando o baixo pra funcionar logo no inicio da musica,a faixa também tem momentos “Calmos” durante essa faixa,velocidade mediana e a bateria trabalhando mais uma vez com competência.
A quarta faixa é "Massa de Manobra" essa faixa tem um riff iniciar diferente nunca ouvi nada parecido,mas sim me agradou bastante e dessa vez apareceram os backvocais.
A quinta faixa é "O Chamado" essa faixa começa com uma pegada bem interessante da bateria e do baixo que trabalham juntos,essa faixa leva a mesma pegada das outras.
A sexta faixa é "Força" o inicial dessa faixa tem uma bateria pesadíssima,velocidade mediana,baixo la com sua linha envolvente, aquelas quebradas tipicas do metalcore não bastante usados.
A sétima faixa do álbum é "Sedativo" Opa realmente um Sedativo um clima bem calmo,mas em seguida temos a oitava faixa do álbum "Demoniocracia" que é veloz,pesada,bateria a mil,baixo pulando,e o vocal agressivo.
A nona faixa é "Igualdade" tem a mesma pegada da faixa anterior !
A decima faixa é  "Algemas do Medo" tem um riff legalzinho,bateria regular,baixo tendo vida própria na faixa,logo perto do final o baixo comandou bem a musica com a guitarra dando aquele clima agradável e depois a quebradeira retorna bem forte.
A decima primeira faixa "Viva Forte" essa tem um riff interessante,bateria destruindo,depois temos aquela mesma formula das faixas anteriores.
A decima segunda e ultima faixa do álbum é a "Sawabona Shikoba" de unico e tem um clima calmo e tal,mas em seguida é apresentado aquele metalcore agressivo ,coma velocidade um pouco menor em comparação com as outras faixas do álbum,a cozinha com o baixo e bateria perderam um pouco de peso durante nessa faixa ,mas ela continua sendo boa !
Destaques: Fuga,O Chamado,Demoniocracia, Viva Forte e Sawabona Shikoba


Formação:
Hosmany Bandeira (vocais);
Tuninho Silva (guitarra);
João de Paula (baixo);
Marvin Freitas (bateria).

Faixas:
01 – Fuga
02 – Quimera
03 – M.M.A.
04 – Massa de Manobra
05 – O Chamado
06 – Força
07 – Sedativo
08 – Demoniocracia
09 – Igualdade
10 – Algemas do Medo
11 – Viva Forte
12 – Sawabona Shikoba

Nota:8,0


Links relacionados:
E-mail: notraumaoficial@gmail.com

Pablo Eduardo:
SEU_NOME Nascido em uma cidade do interior do estado de São Paulo,Fã de Metal desde os 14 anos de idade,Começou escutando o álbum Rust in Peace do Megadeth e dai pra frente só paulada,Gosta de Thrash,Death e Heavy metal.
-Editor do Blog Extreme Aggression
-Colaborador no site Whiplash Facebook:https://www.facebook.com/pablo.eduardo.31945

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário