sábado, 27 de maio de 2017

Resenha : Inner Call - Inner Call

 
(MS METAL AGENCY - 2015)

O Inner Call nasceu como “On The Rocks”, em Salvador/Bahia, tendo em sua formação músicos de outras bandas conhecidas na cena local(Bahia), como Postmortem e Facção.até que mudaram o nome para Inner Call.tendo um material que é um álbum chamado "Inner Call" que contem 9 faixas,sendo 8 em CD(porque a intro esta ligada com a segunda faixa).material que hoje venho resenha a vocês.

O som da banda gira em torno de três gêneros do Metal que são o Heavy,Power e o Thrash Metal com uma puxada tremenda de Melodia.Por parte das guitarras que ficam nas mãos do Rafael e do Renato,eles tem uma química tremenda,um solo complementa o outro,os riff são sensacionais e bem pés no chão, os solos são técnicos,rápidos e as vezes com um pouco de Feeling, recomendo a faixa numero 6 "The Payment".A bateria faz sua parte com maestria,e o baixo preenche os espaços da guitarra,já o vocal é algo formidável elevou o nível musical da banda.

O material gráfico da banda  é boa com um encarte simples que mostra as letras de suas musicas.A banda é formada por músicos excelentes que visam o instrumental e a melodia .Essa é mais uma excelente banda da Bahia que deve crescer muito na cena local. 

é uma pena que desde quando ganhei esse material eu tenha demorado muito para resenhar e até ouvido o material, cara que arrependimento.A banda ganhará uma nota justa pelo seu nível de Produção e de músicos.



Depois de uma introdução mais ou menos, vem a faixa "The Dark Ages" faixa que dá uma impressão positiva da banda  , com seu riff e os solos puxados para a melodia,uma bateria coesa e um baixo se escondendo um pouco.e uma backvocal feminino que em junção com o vocalista ficou excelente.Logo depois temos "Ride From Hell" terceira faixa, que demonstra um riff muito marcante(um dos melhores do material),temos também um show por parte do vocal do Fabio,um solo que demonstra muita técnica e uma velocidade mediana,e essa musica é mais puxada para o Heavy Metal clássico mas com um pouco de melodia,diferente da primeira que é praticamente puro Power Metal.
Na quarta faixa "Reason" logo de primeira percebi que essa faixa é puxa para o Thrash Metal com melodia e um toque de modernidade.depois de quase a metade da faixa ser instrumental,entra o vocal no mesmo estilo que o vocal tinha utilizado nas faixas anteriores.percebi que o foco da banda é no “instrumental”,pois todas as faixas exceto a ultima são "Grandes".A próxima faixa é "Inner Call" faixa que dá nome a banda e ao seu primeiro material que resenho neste momento.ela tem alem de melodia, uma jogada magistral por parte da bateria e o riff que me impressionou bastante pelo jeito que é tocado,parece ser único.
Na sexta faixa "The Payment" opa mais uma faixa puxada para o lado do Thrash até no jeito de cantar,que as vezes chega a ter um voizinha rasgada.alem de ser agressiva, e a bateria e o baixo em cima com tudo.alem de um solo totalmente diferente das demais ouça e tire suas próprias conclusões.A 7 faixa "Live in The War" começa rápida,mais logo se acalma e deixa o vocal sozinho,logo depois vem aquele peso que da um tesão do caramba.Também apresenta um Refrão marcante e poderoso,e temos a presença de um violão que deixou a faixa mais em evidencia.
A oitava e penúltima faixa "Bad Minds" é rápida,com um elevada de bateria impressionante e um riff bem elegantemente dinâmico,mais uma aula de Thrash que modula com outros estilos com o Heavy Metal.
E chegamos a última faixa que é chamada de "I'm Back is Rock'n'Roll" faixa que já começa daquele jeito ! veloz ,com a bateria pegando fogo e uma rifferama que destaco aqui.
Destaques:Todas as faixas
 Membros: 
Fabio Lima - Vocais
Luiz Omar - bateria e backings
Regis Farina - Baixo
Rafael Perera – Guitarras
Renato Passero – Guitarras

Track List:
01. Intro/The Dark Ages
02. Ride From Hell
03. Reasons
04. Inner Call
05. The Payment
06. Living In The War
07. Bad Minds
08. I’m Back (This Is Rock N’Roll)

Nota : 10,0 (Primeiro 10 que dou em uma resenha)


Informações do álbuns e link para comprar o material:


sexta-feira, 26 de maio de 2017

Programa ‘’ O Melhor do Rock ‘’ deste sábado terá como destaque as bandas: Novo Chão, Machine Of War, Protest And Survive. E ainda entrevista com a banda Jailor.


Na edição deste sábado (27) do programa ‘’ O Melhor Do Rock ‘’, você confere mais três jóias do Rock nacional, e, além disso, curte muitas músicas de bandas já consagradas e do meio Underground.

Além de tudo isto, estaremos ainda rolando uma entrevista na integra com a banda Jailor. 
Voce leitor/ouvinte pode nos acompanhar através da internet: nossavozfm.blogspot.com – interativaweb.comunidades.net - Blog Extreme Aggression - '' O Melhor do Rock ''-rádiointerativaweb.comunidades.net - rádiorockrj.com / ou ainda no Rádios Net, Tunein: Rádio Nossa Voz FM - Duas Estradas-PB - 104.9 FM.

O telefone ficara aberto para sua participação: 083 99197-1127 ligue ou mande seu SMS, estamos a disposição das 19h00min as 21h00min horas como sempre. Ou ligue no fixo: 083 3265 – 1092 – peça sua música, ou registre sua audiência. 

Novo Chão. 

Estilo: Progressivo, Alternativo. 

(Ronald Luis - Gabriel Miguez Morini - Matth Feitoza)

Influencias principais: Rush,Dream Theater,Chico Buarque,Legião.

Através do rock progressivo, essa banda trás um significado de superação e perseveração. Com o intuito de ajudar pessoas com problemas de depressão, desanimo, auto desprezo e etc. Através da música,eles mostram o significado belo da vida com a poesia das letras que não se deve jogar fora.Isso explicado no primeiro vídeo do canal da banda feito pelo vocalista.
Ronald Luis (vocal) desistiu do suicídio provocado pela depressão e decidiu viver para a arte com uma banda que expressa seus sentimentos mais profundos. A Novo Chão se dedica a fazer música sincera,livre e que defende a cena independente com poesia e músicas bem trabalhadas, com ataque e peso em tempos quebrados e isso é mostrado no EP  "Amostra de Sobrevivência"  que foi lançado dia 25/05.

Machine Of War.

Estilo: Crossover Thrash Metal

(Allan Gil – Marcelo Li –Bia Coutinho - Vivi Alves)

MOW é uma banda do Rio de Janeiro / Baixada Fluminense, formada em 2013 por Allan Gil.

Com temática agressiva e explosiva, MOW utiliza das dificuldades do dia a dia nos subúrbios para, em suas letras e composições, mostrar a guerra urbana vivida na atualidade.

MOW lançou em 2017 sua primeira Demo, Intitulada Machine of War.

Protest And Survive.



Estilo: Plural

Influencias principais: Rage against The Machine, Black company, Body Count, Renegados Do Boliqueime, Gabriel o pensador, Sepultura, Napalm Death, Slayer e Ratos do porão.

Surge da autoria do letrista Fábio Alves em 2000, destacando-se como vocalista nos primeiros passos do projecto Protest&Survive em 2004 com alguns temas originais e covers de rage against the machine e censurados.

Protest&Survive sempre foi um conceito com uma vertente virada para temas reais muito focado na vida na conciência e na crítica social.
rage against the machine, Boss AC, Primitive reason, Black company, Body count, renegados do boliqueime, Gabriel o pensador, Sepultura, Napalm death, Slayer e Ratos do porão.



J. Paulo Ferreira

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Black Triad: banda apresenta novo baterista no programa “Dissonante”


A banda Black Triad, anuncia oficialmente mudanças de line-up em sua formação atual, a partir de agora a banda conta com “Cássio Quines” nas baquetas, o músico assume o posto de baterista e já está completamente entrosado com o grupo e já fez sua estreia oficial nos palcos no último dia 20 na cidade de Porto Alegre.

Cássio é músico a mais de 15 anos, tendo passado por grandes grupos gaúchos, o músico trás todo seu peso, técnica e feeling, critérios necessários para um músico assumir a frete da bateria da banda.

Os músicos Ricardo Aronee (Guitarra/Voz), Marcelo Phitan (Baixo), apresentaram o baterista Cássio Quines no programa Dissonante, vinculado ao YouTube, o programa tem como estrutura levar ao telespectador entrevista e imagens da banda tocando de forma ao vivo no estúdio do programa, apresentado por Cerise Gomes, o canal é novo e já vem angariando um bom público com sua temática em divulgar o som pesado.

https://www.youtube.com/watch?v=c1HL_QO2vM0&feature=youtu.be

A banda Black Triad, após lançar o álbum “Genesis” em 2016, se prepara para o lançamento oficial da coletânea inglesa em tributo ao Motorhead com bandas brasileiras, os músicos executam a faixa “Born To Lose”.

Mais informações:
Facebook: https://www.facebook.com/BlackTriadBrazil/

Formação:
Ricardo Aronne (Guitarra/Voz)
Marcelo Phitan (Baixo)
Cássio Quines (Bateria)


Fonte: Roadie Metal



Mugo: documentário sobre a gravação do novo álbum “Race of Disorder” está disponível com trechos das novas músicas


A data oficial de lançamento do álbum “Race of Disorder” da banda Mugo, vem se aproximando cada vez mais, além de divulgar muitos detalhes importantes sobre o novo álbum, os músicos acabam de disponibilizar o documentário oficial da produção e backstage de todo o processo de gravação do novo disco.

O documentário que tem toda a direção e captação de imagens feitas por “Paulo Rocha” apresenta imagens das gravações individuais de cada um dos integrantes, depoimentos de todos os músicos sobre o sentimento expressado no álbum, trechos importantes do que serão as novas músicas e as escolhas de equipamentos feitas pelos músicos.

https://www.youtube.com/watch?v=mqZdXcu0sbM

A produção do álbum ficou a cargo do renomado produtor, Ciero da Tribo, que já produziu bandas como Krisiun, Claustrofobia, Torture Squad, RDP entre outros, outros importantes produtores da cidade de Goiânia, tiveram participação fundamental na produção de “Race of Disorder”, Arnozan ficou responsável pela engenharia de som e masterização das faixas e Lucão assistente de produção, todo o material foi gravado no “Estúdio Resistência” na cidade de Goiânia.

A banda informa que o álbum já foi todo finalizado e as masters encaminhadas para indústria, o processo já está na reta final de prensagens e muito em breve o disco físico estará disponível para o público em geral.

Mais informações no link abaixo:

Facebook: https://www.facebook.com/BANDAMUGO/

Formação:
Pedro Cipriano - Vocals
Guilherme Aguiar Leal - Guitars
Weyner Henrique - Drums
Faslen de Freitas - Bass


Fonte: Roadie Metal



Tumulto: banda regrava e lança split lançado em 1992


Na ativa de 1991, a banda Tumulto é considerada por muitos um dos pilares do Hardcore/Punk brasileiro, sendo construído com temáticas que criticam a estrutura social e política brasileira, o grupo lançou no ano seguinte de seu nascimento o primeiro split intitulado de “Conflitos Sociais” que obteve grande repercussão perante o público nacional.

Atualmente a banda que possui a frente como integrante original, apenas o baterista Márcio Duarte, passou por várias reformulações, agora com lineup consolidado e estável, os músicos atuais Germano Duarte (Vocal/Guitarra) e Rafael Feldman (Baixo), lançaram em 2016 uma nova versão do split lançado em 1992, utilizando das melhorias tecnológicas atuais, a banda regravou na integra o álbum “Conflitos Sociais” e o disponibilizou para vendas físicas para todos que acompanham o grupo.

A ideia inicial era mostra a maturidade que a banda conquistou nesse novo caminho, como o álbum em seu ano de lançamento original fez um grande alarde perante os headbangers brasileiros, nada melhor que regravar com os novos músicos o álbum que soa ate os dias de hoje, atual e com temas pertinentes perante todo nosso cenário econômico, político e de desigualdade social.

Além de conferir todas as seis faixas regravadas no álbum “Conflitos Sociais, o grupo regravou versões de bandas que são influências diretas no processo de criação d Tumulto, as músicas Meu Filho é de autoria da banda Câmbio Negro, Desconstrução é do Ação Direta e Medo da banda Cólera.
Ambas as versões estão disponíveis para audição na integra pelo canal oficial da banda no YouTube:

Conflitos Sociais – (1992) Split
https://www.youtube.com/watch?v=gfEJ5Sjd5UM

Conflitos Sociais – (2016) Versão Atual
https://www.youtube.com/watch?v=k05bhsCiilw

Mais informações:7
Facebook: https://www.facebook.com/bandatumultobr/


Fonte: Roadie Metal


Terrorsphere: banda fará abertura do show de Warrel Dane em Londrina, no dia 04 de junho


A banda de Death Metal Terrorsphere se apresentará no dia 04 de junho em sua cidade-natal, Londrina, PR, fazendo a abertura do show de Warrel Dane, vocalista das bandas Nevermore e Sanctuary. O evento acontecerá no tradicional Bar Valentino, com abertura da casa às 18 horas. Os ingressos estão sendo vendidos em pontos físicos de Londrina e também online. O preço é de R$40,00 em lote promocional. Ao fim deste lote, os valores serão de R$80,00 (inteira) e R$40,00 (meia).

O grupo Terrorsphere foi a grande vencedora de uma enquete promovida pela produtora Open The Road, organizadora do evento, em suas redes sociais. A banda foi escolhida pelo público dentre 13 postulantes a banda de abertura do evento. O grupo londrinense vem colhendo ótimos frutos devido ao seu lançamento de estreia, o conceituado EP “Blood Path”, lançado em 2016. Responsáveis por um Death Metal cuja sonoridade prima pela técnica aliada à agressividade, a banda formada por Werner Lauer (vocal, baixo), Udo Lauer (guitarra), Francisco Neves (guitarra) e Victor Oliveira (bateria) vem tendo ótima aceitação do público e da crítica especializada no Brasil.

Warrel Dane, a voz do Nevermore, vem ao Brasil para tocar o álbum “Dead Heart In A Dead World” (2000), clássico de sua discografia, na íntegra. O cantor atualmente se dedica ao Sanctuary, banda que o revelou ainda nos anos 80, encerrou-se em 1992 e retornou em 2010, tendo lançado em 2014 o full-length “The Year The Sun Died”.

SERVIÇO:
TERRORSPHERE EM LONDRINA, AO LADO DE WARREL DANE
Data: 04 de junho
Horário: abertura da casa às 18 horas.
Local: Bar Valentino. Rua Prefeito Faria Lima, 486, Londrina/PR
Entrada: R$40,00 (Lote promocional limitado); Ao fim do lote promocional, R$80,00 (inteira) e R$40,00 (meia)
Pontos de venda (físico): A Toca, BarBearia, Mi Casa Barbearia e na Sonkey Loja de Música, Londrina/PR.
Venda on-line: Sympla (clique aqui).


Fonte: Roadie Metal


Death Chaos: banda é uma das atrações do Curitiba Metal Reunion, no dia 15 de junho


Está marcado para o dia 15 de junho, feriado de Corpus Christi, o evento chamado Curitiba Metal Reunion, que terá a participação de oito bandas autorais de Curitiba, no Blood Rock Bar. Dentre estas oito bandas, a Death Chaos será uma das atrações.

Além da Death Chaos, estarão presentes no Curitiba Metal Union as bandas Ankhy, Evil Project, Neogenese, Magnum 44, Krucipha, Blackened e Doomsday Ceremony. A entrada custará somente R$10,00 e as portas da casa se abrirão às 18 horas. A organização do evento está sob responsabilidade do próprio Blood Rock Bar.

A banda Death Chaos fui fundada no ano de 2014 com o intuito de praticar um Death Metal calcado em sons trabalhados e coléricos, com influências de nomes como Morbid Angel, Carcass e Death. No ano passado, o grupo lançou seu primeiro trabalho, o EP “Prologue In Death & Chaos”, trabalho que ganhou muitos elogios por parte da crítica e que foi bem recepcionada pelo público. No momento, a banda, formada por Denir “Deathdealer” (vocais, baixo), Júlio Bona e David Oliver (guitarras) e Ueda (bateria), está em processo de desenvolvimento de seu primeiro full-length.

SERVIÇO:

DEATH CHAOS NO CURITIBA METAL REUNION

Data: 15 de junho
Horário: abertura da casa às 18 horas.
Local: Blood Rock Bar. Rua Carlos Cavalcanti, 1212, bairro São Francisco, Curitiba/PR.
Entrada: R$10,00 no dia e local do evento.


Fonte: Roadie Metal